Professor do IFMG campus Ouro Preto é agredido e encontrado inconsciente dentro de casa

Haroldo de Paiva foi encontrado pelos vizinhos com várias lesões na face. A vítima está internada em Belo Horizonte e responde bem ao tratamento.

Atualizado às 15h30.

O professor do IFMG e sindicalizado ao SINASEFE IFMG, Haroldo de Paiva, foi encontrado inconsciente pelos vizinhos em sua casa no bairro Morro São Sebastião, Ouro Preto, na tarde deste domingo (13) com fortes lesões na face.

Testemunhas relataram que o professor estava numa casa de eventos próximo ao bairro e que a porta da sua casa estava aberta desde a madrugada de domingo. Vizinhos estranharam a situação e, ao entrarem no imóvel, se depararam com Haroldo bastante ferido e sem consciência.

Haroldo foi transferido para o Hospital João XXIII em Belo Horizonte, está em coma e seu estado de saúde é estável. Informações médicas obtidas às 15h desta segunda-feira pelo diretor do SINASEFE IFMG Daniel Neri que acompanha o prof. Haroldo indicam uma melhora significativa em seu quadro. Na classificação de risco neurológico, Haroldo está em Glasgow 8, isto é, uma boa reação ao tratamento, pois quando foi internado estava em Glasgow 3. A respiração está normalizando e poderão desentubá-lo ainda hoje.

Segundo informações do boletim de ocorrência da Polícia Militar, a moto que pertence a Haroldo não foi encontrada. No entanto, por conta de a vítima ter sido encontrada inconsciente, não se pode afirmar que o veículo foi roubado. Não se sabe o que motivou o crime.

Diretores do SINASEFE IFMG acompanham o caso

A Direção do SINASEFE IFMG repudia veementemente a brutal violência ocorrida contra o professor Haroldo e ressalta a suspeita do crime de ódio, uma vez que várias lesões na face caracterizam esse tipo de crueldade. O coordenador do SINASEFE IFMG, Gabriel Levenhagen, foi uma das pessoas que prestou o socorro à vítima e o diretor da entidade Daniel Neri está em Belo Horizonte acompanhando a internação.

Os diretores agradecem os vizinhos de Haroldo pelo apoio fundamental, desejam uma boa recuperação ao professor e que o(s) envolvido(s) sejam identificados e punidos. Assim que surgirem novas informações sobre o caso, o SINASEFE IFMG noticiará imediatamente em seus meios de comunicação: www.sinasefeifmg.com.br , facebook.com/sinasefeifmg, @sinasefeifmg.

(Foto: Reprodução/IFMG Ouro Preto)